Como definir o seu CNAE?

Publicado por rupee em

Como definir o seu CNAE?

Está com dúvidas quanto a definir o CNAE da sua empresa? A Classificação Nacional de Atividades Econômicas é usada para definir qual é o tipo de operação ou ramo de atividade que a sua empresa irá exercer.

Uma empresa, no entanto, pode se encaixar em mais de uma classificação. Isso acontece quando ela exerce atividades de setores econômicos diferentes, por exemplo, se ela prestar um serviço enquanto vende uma mercadoria.

Por ter um grande número de categorias diferentes e de atividades parecidas, é normal que essa escolha pareça complexa e que gere muitas dúvidas. Por isso nesse post vamos te mostrar, em três passos, o básico que você precisa saber para encontrar a classificação certa para a sua empresa.

1- Como escolher a CNAE para sua empresa

Para escolher o código da atividade na qual a sua empresa melhor se enquadra, será necessário refletir sobre qual vai ser o seu ramo de atuação, suas operações e se ela vai prestar apenas serviços ou se também irá vender mercadorias. Isso será definitivo para saber se você terá só um CNAE ou vários.

Se a sua empresa possuir então mais de uma atividade, você deverá considerar uma como principal e a(s) outra(s) como secundária(s). O critério para saber qual é a sua atividade principal é simples: eleja aquela que trouxer mais valor adicionado para a sua empresa.

Acesse o site www.cnae.ibge.gov.br para ter acesso à lista completa. Clique na aba “Estrutura” (na parte inferior direita, ao lado de Pesquisa) para ter acesso à primeira grande divisão de seções da CNAE.

Depois disso, você vai ver opções mais específicas de ramos de atuação. Escolha nessa ordem a seção, a divisão, o grupo, e a classe que melhor se encaixe ao tipo de atividade da sua empresa para encontrar sua CNAE-Fiscal composta por sete dígitos.

2- Enquadramento no Simples Nacional

É necessário confirmar se o número da classificação fiscal é permitido nesse enquadramento. O número do CNAE pode fazer diferença na tabela a qual você sua empresa se encaixa, e consequentemente no percentual de tributação que ela terá.

3- Alteração de classe na CNAE

É possível alterar a atividade principal da sua empresa e fazer a modificação do código de classificação ou adicionar mais atividades secundárias, se elas aparecerem com o tempo. Caso essa situação ocorra, recomendados contar com a ajuda de um profissional de contabilidade, que indicará as opções e elaborará um plano de gestão fiscal.

Pronto! Com esses três passos você já terá o seu CNAE, saberá se ele se enquadra no Simples e até mesmo sabe como e porquê altera-lo.

“Tanto o rupee, como o autor não se responsabilizam e nem podem ser responsabilizados pelas informações acima ou por prejuízos de qualquer natureza em decorrência do uso dessas informações.

Adicionalmente, a rupee e o autor ressaltam que em matéria de interpretação de textos legais, sobretudo na área tributária, há sempre a possibilidade de entendimentos diversos por parte das autoridades fiscais, razão pela qual não podemos garantir que estamos fornecendo a V.Sas. opinião não sujeita a eventual contestação por parte das autoridades fiscais, bem como que a mesma venha a finalmente prevalecer em tribunais administrativos ou judiciais.

E ainda, considerando que a matéria aqui tratada versa sobre a interpretação de textos legais, recomendamos que a mesma seja submetida à apreciação dos advogados/consultores da empresa antes que venham a tomar qualquer decisão sobre o assunto.

Como toda e qualquer opinião, a rupee e o autor não possuem nenhuma responsabilidade na tomada de decisões em nome dos usuários. e nem estaríamos em condições de fazê-lo.”


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Bitnami